Melhores práticas na seleção de prestadores de serviços para FIDCs estão no radar da autorregulação

A ANBIMA tem trabalhado no sentido de disseminar melhores práticas na seleção de prestadores de serviços por parte dos gestores de  FIDCs (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios).

Durante o 9º Congresso de Fundos de Investimento, que acontece nesta quinta-feira em São Paulo, Ricardo Mizukawa, presidente do Comitê de FIDC da Associação, comentou que, atualmente, um dos esforços do grupo é tratar da figura do consultor, atividade que ainda não está subordinada às regras da CVM.

Além disso, comentou que a ANBIMA vem trabalhando no sentido de deixar mais claras as responsabilidades dos agentes envolvidos na emissão de um FIDC. “Com transparência e governança, os riscos são mitigados”, disse.